Grande Garota!

Por Samara Soriano, .
Rascunho automático 1

Eu não sou fã de Harry Potter e, pra ser sincera, desconheço o currículo da Emma Watson no cinema, mas é com absoluta certeza que ela integra meu seleto hall de famosas internacionais prediletas.

Escolho citar Emma hoje porque me parece conveniente associá-la ao dia comemorado ontem. E isto, por duas razões: a primeira, mais óbvia, por se tratar de uma das tantas crianças da indústria do entretenimento que vimos crescer perante os nossos olhos como se da família fosse; segundo, pelos felizes exemplos de responsabilidade e comprometimento em tão jovem idade.

Abri meus olhos para Emma cerca de dois anos atrás quando seu discurso na ONU pipocou no feed do meu Facebook. Cada sequência de frase, uma após a outra, falou tão alto no meu pobre coraçãozinho que não pude não me render aos encantos da moça. De lá pra cá, já revi este vídeo algumas vezes e, em todas elas, é batata me emocionar! Emma encanta no tom doce. Uma timidez nervosa que derrama graciosidade àquelas palavrinhas tremidas. É falando baixo que ela se faz ouvir. Nos desarma, nos prende, porque vulnerabilidade – ma frend – é potência! [anota isso] Eu sugiro que você se dê a oportunidade de se apaixonar por ela também:

 

Emma Watson foi nomeada Embaixadora da Boa Vontade da Agência ONU Mulheres. Sua primeira participação foi na campanha HeForShe, um movimento de solidariedade pela igualdade de gênero que acredita ser essa causa não apenas um problema das mulheres. Em um dos trechos do vídeo, ela diz:

Inspirador, não? Uma bela maneira de educarmos nossas crianças. Para que nossas filhas sejam livres do preconceito e para que nossos filhos também possam ser vulneráveis e humanos; e assim, versões mais completas de si mesmos.

Seja como estilista de uma coleção de roupas ecológicas que reverte fundos para famílias de países emergentes saírem da linha de pobreza; seja doando os lucros das vendas de quadros para inserir no ambiente escolar garotas das zonas rurais africanas; ou posando para fotos de campanhas de conscientização ambiental. No dia que enxerguei Emma de verdade [do avesso] foi que passei a achar graça nas suas formas. Seu sorriso, seus cortes de cabelo e até suas roupas só faziam sentido porque serviam de ponte para um consciente maravilhoso, provando que beleza das puras transborda mesmo é de dentro pra fora. Me dá um orgulho e tanto essa menina! Faz gosto vê-la se transformar nesse mulherão da gota. [tomara que vire moda!]

S2

COLAB

Hey Jude,

Talvez você goste destas aqui também: